Tudo sobre laser!

29 de junho de 2016

Antigo sonho de muitos, o laser de CO2 já virou realidade dos consultórios e clinicas dermatológicas desde que começou a caber no bolso do consumidor. E posso falar com toda autoridade, pois meus pacientes não me deixam mentir: ele funciona mesmo.

O laser funciona agredindo a pele e induzindo a produção de colágeno local. Assim, como resultado, você fica com uma pele com aspecto mais jovial, pela descamação das camadas superficiais da epiderme, e com turgor maior. Isso se deve justamente pela produção de colágeno.

Indicações são varias: cicatrizes de acne, envelhecimento cutâneo, com caráter preventivo ao envelhecimento, estrias. Em todas as vezes que apliquei laser em minhas pacientes, nunca tive um resultado negativo. Pelo contrario, geralmente o tratamento apresenta uma resposta melhor que a esperada.

Mas claro, nem tudo são flores. Mesmo com a aplicação de anestésicos tópicos, o paciente sente um desconforto durante a aplicação. Após, os primeiros três dias são os que podem apresentar maior numero de efeitos colaterais, como inchaço, dor local e, se for aplicado nas pálpebras, dificuldade para abrir os olhos.

Por mais que você ache que nunca mais vai ficar bonita na vida, calma! Depois deste período o rosto começa a descamar e você começa a ver os resultados. É nítida o aspecto jovial da pele, com redução dos poros e linhas de expressão. E é neste momento que você percebe que o investimento valeu a pena.

Cada paciente tem sua especificidade, mas para aqueles que buscam apenas um caráter preventivo no processo, uma sessão a cada seis meses ou um ano já alcança o objetivo esperado. Já pacientes que apresente um foto envelhecimento mais acentuado ou cicatrizes profundas de acne, oriento meus pacientes a repetirem o processo a cada quarenta e cinco dias por três vezes. Apos isso, uma sessão de manutenção pode ser instituída a cada seis meses ou um ano. Mas cada profissional tem o seu protocolo e pode individualizá-lo de acordo com a necessidade de seu paciente.

Só mais uma pergunta: já reaplicou o seu protetor solar hoje?

Deixe uma resposta